Início » Comunicação Interna » O perfil de um comunicador ideal e suas habilidades
Comunicação Interna

O perfil de um comunicador ideal e suas habilidades

perfil profissional comunicacao

Um dos principais desafios enfrentados por profissionais de gestão de pessoas é delinear de forma assertiva o perfil de um colaborador responsável pela comunicação. Para uma área tão  multidisciplinar, é comum surgirem dúvidas do tipo: “Qual é o perfil de um comunicador ideal? Qual a formação certa para se trabalhar em um setor de comunicação? Existe um escopo ideal de função? Se eu não tiver um setor de Comunicação Interna em minha empresa, onde posso alocar esse colaborador?”, entre outras questões. 

Nessa hora, definir um perfil comportamental desejado pode auxiliar gestores, diretores e o RH a orientar a contratação. Mas antes de explicarmos como é o perfil de um comunicador, vamos ilustrar o que é perfil comportamental e como podemos usá-lo para encontrar o profissional certo para o seu cargo. Acompanhe!

O que é perfil comportamental?

Perfil comportamental é a linha de comportamento em que cada pessoa se apresenta no dia a dia.  Segundo o Profiler, podem existir diferentes talentos, divididos em quatro perfis: comunicadores, executores, planejadores e analistas.

Vamos exemplificar da seguinte maneira. Imagine que um mestre tem em sua equipe uma pessoa de cada perfil. Muito sucinto, o mestre direciona aos seus alunos e lança o seguinte desafio: “Preciso de um peixe”.

Repare agora como cada perfil de forma extrema reagiria à ordem do mestre:

Comunicador

Fica empolgado com o desafio, anima todos os outros colegas e fica na beira da praia com um megafone, gritando bem alto “vamos lá pessoal, nós vamos conseguir!”

Executor

Após ouvir o desafio, começa a correr o mais rápido que consegue, fazendo diversas coisas ao mesmo tempo. Competitivo como ele é, não se importa em atrapalhar o colega ou parar um pouco para dar informação. O tempo inteiro ele repete em sua cabeça que precisa entregar o objetivo o mais rápido possível, e então encontra seu peixe e é o primeiro a chegar.

Planejador

Olha para os colegas e procura pensar juntos como podem alcançar o objetivo. Sempre preocupado com o outro, ele se aproxima de seu mestre e o pergunta como ele quer o peixe para que ele planeje o trajeto. Ele entende que por mais que ele perca um pouco de tempo se organizando, no fim ele conseguirá cumprir o objetivo se importando com o trajeto e trazendo o peixe da maneira que o seu mestre pediu.

Analista

Enquanto isso, o analista também se aproxima do mestre junto com o planejador, porém pede mais detalhes, para que ele entregue o peixe com exatidão na forma como o seu mestre pediu. Montando o seu plano de forma extremamente criativa e por meio de raciocínio lógico, o analista monta sua carapuça, pesca o peixe, e muito atento aos detalhes e processos, ele compra um aquário para que o peixe não morra sem água.

Esse é um exemplo que deixa bem claro como cada profissional pode se comportar em relação aos desafios. Reforçando que além dos perfis principais, existem também combinações entre eles o que tornam as pessoas cada vez mais equalizadas em suas competências.

Qual o perfil de um comunicador de alta performance?

Pensando nos perfis e competências ideais para o setor, temos algumas combinações que podem nos ajudar a escolher o perfil ideal do profissional para atuar na comunicação interna da sua empresa.

Pensando em meu cenário, que tipo de profissional eu preciso?

1. Estratégicos e organizados

Muitas vezes nos deparamos com um setor já iniciado, precisando mostrar mais resultados ou organizar e planejar melhor suas ações. Se sua empresa se identifica com esse cenário, o perfil do profissional que você precisa é a combinação de um Planejador e Analista ou um Comunicador e Analista.

Essa combinação é o equilíbrio entre um profissional mais social (que é o caso de um comunicador ou um planejador), com um perfil secundário que tem foco em detalhismo, aprofundamento e organização (nesse caso, o perfil ideal é o de um analista).

Ao optar por contratar um profissional do perfil estratégico e organizado, sua empresa ganhará em sociabilidade e automotivação, mas perde em agilidade, e em autoconfiança para aceitar desafios.

2. Sociáveis e ágeis

Indo de encontro ao tópico anterior, temos um possível cenário onde sua empresa estará começando agora o seu setor e o objetivo é mais de volume e “mão na massa” do que estratégia ou detalhista. Com isso, o perfil do profissional que você precisa é a combinação de um Executor e Planejador ou um Comunicador e Executor.

Essa junção remete a pessoas com mais energia para solucionar desafios do que estratégia ou organização. De qualquer forma, é mantida a base da empatia e sociabilidade vindas dos perfis planejadores e comunicadores, mas essa combinação de perfis traz mais agilidade aos processos.

As características relacionais estão mais reforçadas, mas com ênfase no perfil Executor ganhamos em agilidade, flexibilidade e capacidade de executar diversas tarefas ao mesmo tempo pois o o comportamento pode ser acelerado focando em resultados. 

Uma boa combinação de perfil para ser stakeholder interno é o comunicador/executor. Por ser mais extrovertido e instinto de liderança, esse perfil pode e consegue colaborar muito com a comunicação interna e o desenvolvimento humano.

Conclusão

A demanda por uma boa comunicação interna nas organizações está crescendo à medida que o mercado de talentos fica mais competitivo. Este é o momento para organizações e profissionais serem estratégicos.

As organizações devem olhar para o negócio com perspectiva, a fim de entender primeiro qual o escopo da função, para aí escolher o melhor perfil. 

Já os profissionais em sua carreira devem sempre considerar a constante atualização do mercado, e buscar conhecimentos diversos que completem suas competências.

Além disso, é importante lembrar que a comunicação não é uma atividade de um só profissional, mas sim uma cultura que deve ser criada na organização, onde há um orquestrador, auxiliando as áreas, influenciando colegas e colaborando para propagar as informações. 

Escrito por Monica Hauck da Solides Tecnologia.