Início » Geral » Importância do onboarding para a retenção de talentos e rentabilidade dos negócios
Geral

Importância do onboarding para a retenção de talentos e rentabilidade dos negócios

Onboarding Retenção de Talentos

É comum muitas empresas pensarem que a missão de encantar um novo talento se encerra no período de contratação. Mas essa é apenas mais uma etapa para a construção de uma trajetória de sucesso e conexão verdadeira entre o profissional e a empresa. Passada a fase de recrutamento e seleção, é hora de preparar a casa para receber e engajar o novo colaborador. É aí que entra a técnica de onboarding. 

Mais do que um momento de boas-vindas, pensado especialmente para integrar o profissional à equipe, à cultura organizacional e aos processos da empresa, o onboarding deve ser encarado como algo estratégico dentro da organização. Estruturar esse processo é um passo bem importante para evitar que o novo colaborador se sinta deslocado ou enfrente dificuldades de adaptação. 

Tenha em mente que empatia e comunicação devem caminhar de mãos dadas com a etapa de integração. Mostre ao recém chegado o quanto a empresa está contente em recebê-lo e garanta que ele se sinta acolhido, promovendo seu engajamento logo de início. Além de reforçar os valores transmitidos ao longo do recrutamento, o principal objetivo é assegurar que o colaborador atinja sua melhor performance em menos tempo. Por isso, investir em boas práticas de onboarding é fundamental para reter talentos e aumentar a rentabilidade dos negócios.  

Mas como gerar resultados efetivos a partir desse processo de boas-vindas? Como base no webinar “Onboarding: como alinhar e encantar novos colaboradores”, conduzido pela nossa especial em Customer Success Marcela Trujillo, preparamos 15 dicas de ouro para você aplicar na sua empresa. Confira!

  1. Envie um e-mail para confirmar a contratação e mostre o quanto a empresa está feliz em receber o novo colaborador;
  2. No momento da contratação, deixe claro informações importantes como salários, benefícios, período de experiência, data de início das atividades, entre outras;  
  3. Prepare sua chegada. Faça com que o primeiro dia seja envolvente e crie vários momentos para encantar o novo funcionário; 
  4. Organize a mesa e todos os materiais que serão utilizados. Uma boa alternativa é apostar em um kit personalizado com lembrancinhas, bilhetes e outros mimos. Isso faz com que a pessoa se sinta ainda mais importante e motivada para começar;
  5. Incentive a interação entre os demais colaboradores e quem acabou de chegar. Aproveite para fazer um tour pela empresa, para que o profissional se sinta mais confortável e familiarizado com seu novo ambiente;  
  6. Caso o processo de onboarding seja realizado com mais de uma pessoa ao mesmo tempo, é necessário criar uma agenda específica para que esse momento aconteça. Essa agenda pode ser compartilhada com o restante da empresa, para que todo mundo saiba quem são os novos colaboradores e para que eles possam ser identificados por meio de um acessório, como camiseta, boné, ou crachá. 
  7. Tenha em mente que o onboarding não é apenas um papel do RH. Para que esse processo seja bem sucedido, a recepção dos novos funcionários deve ser feita pelos próprios gestores.
  8. Garanta que as lideranças estejam preparadas para receber o novo colaborador. Capacite o gestor, quando necessário, e trabalhe a sua empatia. 
  9. Ofereça treinamentos de acordo com a função que será desempenhada e oriente o profissional sobre as atividades que serão exercidas. 
  10. Evite sobrecarregá-lo com informações. Faça com que elas sejam pontuadas aos poucos. Isso evita estresse desnecessário. 
  11. Em empresas com mais de uma unidade ou quando os colaboradores ficam em sedes de clientes, uma das alternativas é realizar esse processo no formato EAD. Disponibilize para o colaborador um espaço com vídeos de treinamento, orientações sobre boas práticas e o que deve ser feito quando ele chega à organização. O importante é tornar esse momento ainda mais humanizado e que permita conectar o profissional e a empresa. 
  12. Para as equipes que não possuem acesso a e-mails corporativos, invista em manuais ou mensagens de boas-vindas em TVs corporativas, por exemplo. 
  13. As dinâmicas de grupo também são interessantes para essa etapa de boas-vindas. Mas é importante que elas tenham um objetivo claro e tempo específico para acontecer. Faça com que esse momento seja leve e divertido, a partir de ações que integrem as pessoas e façam com que elas se ambientem melhor com a empresa e com seus colegas. 
  14. Peça um feedback honesto do novo colaborador sobre o que está funcionando bem e o que ele sentiu falta. O onboarding pode ser adaptado conforme o retorno recebido. 
  15. Pense que o processo de onboarding não se encerra na primeira semana. É importante que esse acompanhamento e diferentes ações de integração se estendam por cerca de 90 dias. Esse é o tempo necessário para observar resultados significativos no desempenho do novo funcionário e permitir que ele se sinta à vontade na sua função. 

Como a comunicação interna ajuda a encantar e reter novos colaboradores

A comunicação interna exerce um papel fundamental na hora de alinhar as estratégias do negócio e reforçar os valores e o propósito da empresa. Por isso, logo no seu primeiro dia, é necessário que o profissional conheça todos os canais de comunicação e comece a se familiarizar com essa rotina.

É interessante, ainda, que ele compreenda os objetivos, os públicos e as características de cada um dos canais. Essas práticas permitem que ele se engaje com o dia a dia da empresa e esteja mais motivado para executar suas atividades. Além disso, possibilita melhor compreensão da cultura e dos valores praticados dentro dela. 

Quer entender melhor a importância desse processo e como estruturá-lo dentro da sua empresa? Então assista ao nosso webinar na íntegra. Nele, nossa Customer Success Marcela Trujillo orienta sobre como criar um onboarding eficiente, além de reforçar o papel da comunicação e dar dicas de boas práticas para engajar quem acaba de chegar à empresa.

Sobre o autor

Cris

Cris Medeiros

Jornalista e parte do time de Customer Success da SocialBase. Natural de Cruz Alta, interior do RS, deixou Porto Alegre para viver sua paixão por comunicação interna em Floripa.

/* ]]> */