Início » Comunicação Interna » Dicas básicas de comunicação interna para sua empresa
Comunicação Interna

Dicas básicas de comunicação interna para sua empresa

A comunicação interna, ao contrário da comunicação externa pautada em ações de marketing, é aquela voltada para o público interno das empresas, os colaboradores. Portanto, comunicação interna refere-se ao compartilhamento e à transmissão de informações estratégicas e importantes para os diversos segmentos de uma empresa. 

Nesse sentido, tal comunicação pode acontecer em dois sentidos: vertical (entre subordinados e superiores) e horizontal (entre funcionários situados em um nível hierárquico igual).

A comunicação interna é de extrema importância para melhorar o clima organizacional, aumentar a produtividade dos colaboradores, favorecer a integração de novos funcionários, minimizar o crescimento de fofocas e de boatos, controlar situações de crise e diminuir a rotatividade de uma empresa. 

Para tal, é importante que o ambiente corporativo adote algumas estratégias importantes, tais como:

  • Elaborar um bom planejamento
  • Melhorar a comunicação com os colaboradores
  • Desburocratizar o contato entre os setores
  • Utilizar canais de comunicação diversos
  • Acompanhar os indicadores do setor

O que é um planejamento de comunicação

Tendo em vista que se trata de um projeto contínuo, a comunicação interna precisa de um bom planejamento para que todos os planos ocorram corretamente, antecipando os objetivos que precisam ser alcançados e as ações empresariais que serão realizadas. 

Nesse sentido, o planejamento deve visar: reduzir o turnover (taxa de rotatividade de colaboradores), alinhar o discurso da organização com os discursos dos funcionários, aumentar o índice de metas alcançadas dentro da empresa, impulsionar a participação dos profissionais nas ações e nas reuniões de uma companhia e melhorar a satisfação dos colaboradores.

Como melhorar a comunicação com os colaboradores

O primeiro passo para tal ação é estudar bem a empresa e os colaboradores, buscando identificar os objetivos, valores, história, dados de mercado e cultura de uma companhia para que se tome conhecimento do que deve ser informado ao público interno. 

Por outro lado, é preciso conhecer os valores pessoais, níveis de formação, experiências profissionais, personalidades, entre outras características dos colaboradores as quais auxiliarão na elaboração da maneira que ocorrerá a comunicação. Pode-se citar o caso de uma empresa de içamento, a qual exige um projeto de comunicação interna que seja condizente com o setor de atuação da companhia. 

É bastante válido ressaltar que o relacionamento com os funcionários deve ser transparente e, por isso, eles devem estar a par das notícias boas e ruins de uma empresa para que seja conquistada a confiança do público interno. Isso pode ser feito por vídeos, e-mails, redes sociais ou por reuniões presenciais.

Outra ação importante que deve ser tomada por uma empresa é ouvir o que os colaboradores têm a dizer, já que isso faz com que eles se sintam mais valorizados pelos seus superiores. Essa atitude também beneficia a empresa em um todo, pois a experiência de cada funcionário pode melhorar processos internos.

Desburocratizando o contato entre os departamentos

Barreiras existentes entre áreas diferentes de uma empresa colaboram com o surgimento de grupos isolados que muitas vezes retém informações importantes que deveriam ser compartilhadas. 

Por essa razão, a comunicação entre setores e departamentos deve ser feita de maneira rápida e simples, como ocorre em empresas que eliminam as barreiras físicas, criando espaços de trabalho e/ou lazer conjuntos e softwares para a comunicação interna da empresa. Assim, as informações podem fluir mais livremente, gerando retornos positivos para o ambiente corporativo.

Por que usar canais de comunicação diferentes?

Os canais de comunicação são as plataformas por onde as informações são passadas dentro de uma empresa, sendo que os mais comuns são: vídeos, reuniões, TV’s corporativas, banner para eventos, murais, e-mails, intranets, entre outros. 

É importante variar o uso entre tais canais pois, com isso, é possível atingir uma gama maior de funcionários, possibilitando, também, a adaptação do conteúdo das mensagens conforme a situação. Por exemplo, um fabricante de caixas de papelão pode divulgar o balanço financeiro de um mês específico em forma de texto ou de áudio, permitindo que um funcionário, caso não possa ler o arquivo, possa ouvi-lo.

Se você está procurando um canal de comunicação dinâmico e ágil, que mantém as informações organizadas e fornece métricas, pode usar gratuitamente o SocialBase na sua empresa durante 30 dias.

O que é acompanhar os indicadores do setor?

Todavia, apesar de todas as ações tomadas de comunicação interna, uma empresa deve assegurar que os resultados esperados sejam atingidos e, para isso, é necessária uma mensuração. 

Isso pode ser feito pela análise de dados como a taxa de turnover, por exemplo, mensurando o engajamento interno. Um levantamento de dados pode ser feito através de ferramentas de análise e de gestão, bem como pesquisas internas como é feito quando se quer estudar a satisfação dos funcionários.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o autor

SocialBase

SocialBase

Blog da SocialBase, para instruir o mercado com relação a importância da comunicação interna bem planejada e incentivar a conexão verdadeira entre pessoas e empresas.

/* ]]> */