Início » Comunicação Interna » A conectividade tem aumentado a produtividade nas organizações?
Comunicação Interna

A conectividade tem aumentado a produtividade nas organizações?

Os locais de trabalho têm evoluído imensuravelmente desde os primórdios, com um aumento exponencial do uso de tecnologias nas últimas décadas. Aliás, o avanço tecnológico tem feito o ambiente de trabalho transcender o meio físico/presencial, ao ponto de haver organizações existentes unicamente em ambientes digitais.

Entretanto, essa “tsunami de tecnologias” traz seus pontos de atenção!

Com a enorme diversidade de ferramentas de comunicação e conectividade à disposição das equipes, as corporações têm dado uma maior atenção a transformar toda essa proximidade virtual em aumento de produtividade e resultado.

Em um estudo de 2018 da Deloitte, o Global Human Capital Trends, 47% das organizações consideram esta preocupação como extremamente crítica para seu negócio neste momento. Os números mostram algo parecido, já que o aumento de produtividade apresenta a menor taxa de crescimento das últimas duas décadas, segundo a Trading Economics.

Ambientes virtuais tomando conta

A pesquisa da Deloitte entra fundo no tema da digitalização dos ambientes de trabalho.

Como esperado, as reuniões presenciais têm perdido muito espaço para as ferramentas de colaboração virtual. Além da questão financeira, tópicos como independência de localização geográfica e flexibilidade pesam a favor da tecnologia.

No Global Human Capital Trends, mais de 11 mil empresas responderam sobre sua intenção de utilizar canais de Comunicação Interna para os próximos 3 a 5 anos.

As ferramentas digitais de comunicação, que incluem desde plataformas de reuniões virtuais às Redes Sociais Corporativas, estão no topo das preferências/necessidades das organizações, com 70% considerando um aumento significativo no uso nos próximos anos.

Por outro lado, reuniões presenciais e ligações por telefone apresentam uma tendência de caírem em desuso, com até 44% das empresas indicando menor necessidade/interesse, no curto/médio prazo, de utilizar esses canais.

Um olho na comunicação, outro na produtividade

Como dito, o aumento de produtividade é um ponto que as organizações buscam quando saem à caça de ferramentas de comunicação interna.

Essas ferramentas de comunicação interna já oferecem espaços para colaboração entre equipes, opção de comunicação instantânea e diretórios para compartilhamento de documentos/mídias – tudo isso para diminuir o tempo latente entre pergunta/resposta na execução de processos corporativos, além do fomento ao engajamento entre os colaboradores.

A inteligência artificial tem entrado mais em cena recentemente, com seus bots, trazendo mais rapidez para encontrar o documento certo e responder a mensagem certa, além de uma série de insights que auxiliam os gestores a analisar como seu ambiente interno tem evoluído.

De acordo com a Deloitte, 71% das empresas acreditam que o uso de ferramentas de comunicação têm aumentado a produtividade individual dos colaboradores, mas 47% ainda se mostram preocupados se as mesmas ferramentas têm aumentado a produtividade da equipe como um todo.

Para garantir que as ferramentas estão agregando valor ao trabalho, as empresas começam a olhar com mais atenção para as estratégias de comunicação. A maturidade tecnológica, as necessidades de comunicação eficiente e a capacitação das lideranças são fatores imprescindíveis. A partir deles, um plano pode ser traçado, a ferramenta mais adequada para a realidade da organização pode ser escolhida com mais assertividade,  e os resultados podem ser mensurados para possibilitar os ajustes necessários.

O momento é de transição

Embora o número de empresas que se preocupam com os resultados que as ferramentas de comunicação oferecem tenha aumentado, o número de organizações que tomam atitudes referentes à isso não tem crescido na mesma proporção.

Contudo, nossos especialistas têm percebido que os gestores que nos procuram para conhecer nossa ferramenta de comunicação interna têm dado mais atenção a quais ferramentas de comunicação podem trazer o resultado esperado e têm procurado por soluções que centralizem o canal de contato entre os colaboradores. Como falamos, uma ferramenta de comunicação que não esteja alinhada a uma estratégia bem pensada, dificilmente trará resultados positivos!

Aqui na SocialBase, um dos nossos maiores exemplos é a Koerich, que está aliando a ferramenta de comunicação interna da SocialBase à estratégia certa para fortalecer a marca e assim gerar mais resultados. Confira abaixo o case da Koerich, com detalhes sobre essa mudança:

Sobre o autor

SocialBase

SocialBase

Blog da SocialBase, para instruir o mercado com relação a importância da comunicação interna bem planejada e incentivar a conexão verdadeira entre pessoas e empresas.

/* ]]> */